Sabia que a pimenta é um dos principais afrodisíacos naturais? Ela não torna somente as refeições mais picantes, mas também as relações. Os afrodisíacos são tão potentes que estão até no Kama Sutra! Eles são utilizados para aumentar o desejo sexual e ressaltar os sentidos. E a pimenta é capaz de tudo isso se utilizada de maneira estratégica.

Se a pimenta é capaz de melhorar até um prato sem graça, imagine o que ela pode fazer com sua relação! Quer saber como utilizá-la da melhor maneira possível? Chega mais que a gente te conta!

O poder afrodisíaco das pimentas

A pimenta pode ser um ótimo ingrediente para esquentar a relação a dois. Você já reparou que, quando consome pimenta, é comum suar e sentir um calor repentino? Tem até quem fique vermelho após consumir esse condimento. Pois então, a pimenta age diretamente no fluxo sanguíneo e é exatamente o aquecimento no corpo que tem o poder afrodisíaco.

Os efeitos da pimenta no organismo são parecidos com os de uma relação sexual: aumenta a transpiração, os batimentos cardíacos e a circulação sanguínea. A pimenta também pode ser capaz de estimular os hormônios dilatadores de vasos sanguíneos que irrigam as zonas erógenas, responsáveis pelo prazer sexual — além de liberar serotonina, que aumenta a sensação de prazer.

Tudo isso faz com que a excitação e o apetite sexual aumentem. Isso acontece porque a pimenta possui uma substância chamada capsaicina, que pode provocar sensações parecidas com a excitação sexual.

As pimentas mais indicadas para quem deseja esquentar a relação e aumentar a libido são as que possuem essa substância em maior quantidade, ou seja, as mais picantes, como a caiena e a malagueta. Mas se você está em dúvida sobre como utilizá-las, vamos te dar algumas dicas.

Como utilizar as pimentas

Já ficou claro que as pimentas têm um poder e tanto de esquentar seu relacionamento, aumentando a libido e as sensações de prazer. Mas é preciso não exagerar. Se consumida em excesso, a pimenta pode causar queimação estomacal.

E também não vá utilizar a pimenta junto com alimentos gordurosos e frituras. Não se o objetivo for aumentar o desejo sexual. Por mais afrodisíaca que seja, a pimenta não é capaz de evitar os desconfortos de uma má digestão. E vamos combinar que isso não tem nada de afrodisíaco, não é mesmo?

Na hora de manusear as pimentas mais picantes, é indicado utilizar luvas e evitar o contato com os olhos e com a pele, sobretudo do rosto. A pimenta deve ser utilizada com cautela e, se combinada com outros ingredientes também afrodisíacos, pode potencializar ainda mais seus efeitos.

Receitas afrodisíacas que levam pimenta

Para aumentar o poder afrodisíaco das pimentas, há receitas infalíveis. Se pimenta e chocolate são alimentos afrodisíacos, imagine o poder dos dois juntos. Além de ficar uma delícia, receitas que levam chocolate com pimenta podem aumentar e muito o desejo sexual. Experimente um brigadeiro com um toque de pimenta para você ver. Ah, e pra deixar mais diferente e picante, experimente acrescentar esse molho de pimentas brasileiras e laranja à sua receita.

Já que quanto mais ardida a pimenta, maior o poder afrodisíaco, um molho de pimenta bem picante é uma boa pedida. Para aumentar a ardência, a dica é retirar apenas o cabinho das pimentas, deixando as sementes e as membranas brancas. Isso pode fazer com que o molho fique até quatro vezes mais forte.

Outra receita que não tem erro é utilizar uma combinação de pimentas para fazer um molho que acompanha massas. Uma sugestão é misturar pimentas vermelhas, pimenta da Jamaica e pimenta do reino para fazer um molho vermelho, que pode ser a base de pimentões e tomates. Se assim já é um delícia, imagine, então, como ficaria com um toque de bacon!

Viu como a pimenta pode ser um tempero a mais também na sua relação? Pronto para encarar a cozinha e preparar aquele prato bem apimentado como parte das preliminares? Em nossa página do Facebook, sempre falamos sobre o universo instigante das pimentas. Curte lá para acompanhar a gente.